Tax free – como receber

Reservou o hotel e desistiu da viagem? Pode haver uma saída!
29/05/2016
Compra descomplicada de dólar no aeroporto de Brasília
05/07/2016

Tax free – como receber

Visível nas vitrines de lojas no exterior, a expressão “plus tax” (taxa a mais) ou “tax free” indica que parte dos impostos que compõem o preço dos produtos poderá ser devolvida aos clientes que não residem naquele país, no momento do seu retorno ao país de origem. Mas, muitos passageiros desconhecem a vantagem ou, na afobação do embarque, muitas vezes não aproveitam dela.

Vamos dar umas dicas sobre isso, pra facilitar a vida na hora de pegar essa graninha de volta:

Países onde tem tax free – A devolução de parte do Imposto de Valor Agregado (o IVA) está disponível em todos os países que compõem a União Europeia e em algumas nações do oriente, além de Argentina, Uruguai, México e Austrália. Nos Estados Unidos, estados como Texas e Louisiana, por exemplo, reembolsam parte da “sales tax”.

Produtos que dão direito a tax free – O tax free não vale para serviços, como hotéis, passeios ou refeições, mas sim para produtos que vão sair do país. E o ideal é que ele esteja na embalagem original, sem uso, ao ser apresentado aos guardas aduaneiros no aeroporto. Por exemplo, perfumes, roupas, calçados e eletrônicos. Na dúvida, pergunte antes de fazer a compra.

Valor do reembolso – A alíquota do imposto muda de acordo com o país. Na União Europeia, a alíquota gira entre  6% a 25%”, mas atenção, você não recebe o valor total do imposto, porque as empresas que intermediam o serviço (como a Global Blue e a Premier Tax Free) ficam com uma porcentagem.

Condições – As condições variam muito. Em geral, as compras devem ser feitas no mesmo dia e na mesma loja. Por exemplo, na França é preciso gastar no mínimo 175.01 euros no mesmo dia e na mesma loja, já na Alemanha basta gastar 30 euros nas mesmas condições. Procure um vendedor e ele lhe explicará como funciona.

Como solicitar o tax free – O processo de reembolso é solicitado no aeroporto de saída do país visitado. Quando a loja participa do programa de tax free, basta pedir no caixa o formulário de reembolso. Neste momento, você deverá apresentar o passaporte e o cartão de crédito internacional. Você poderá escolher receber a devolução do imposto em espécie ou no cartão de crédito. Para ser validado, o formulário deverá ser carimbado no aeroporto.

Depois, você deverá dirigir-se ao balcão da alfândega para conseguir um carimbo no formulário. Além dele, será necessário apresentar passaporte e recibos de compras. Os produtos em questão devem estar prontos para serem mostrados, caso seja solicitado. Feito isso, os formulários deverão ser entregues no guichê da empresa, dentro do aeroporto, que faz a intermediação do pagamento.

Mas, atenção, você vai precisar estar no aeroporto duas horas antes do tempo pedido pela companhia aérea. Em um voo internacional, por exemplo, o mais seguro é você estar no aeroporto cinco horas antes da partida do avião. Isso porque existe uma burocracia a ser cumprida na hora do pedido de reembolso e, não raramente, longas filas nos guichês. Se você pretende despachar os bens adquiridos (em vez de levar na mala de mão), o processo deve ser feito antes do check-in.

 

 

 

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prove que você é um ser humano! * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.