Para saber um pouco mais sobre Las Vegas

Seis dicas para escolher um hotel em Las Vegas
26/05/2014
10 coisas divertidas para fazer em Vegas
30/05/2014

Para saber um pouco mais sobre Las Vegas

O lema “what happens in Vegas, stays in Vegas” (“o que se passa em Vegas, fica em Vegas”) todo turista que vai para lá conhece bem. A cidade é a meca do erotismo, um turbilhão de consumo, inclusive de sexo, embora digam que lá, a prostituição é proibida por lei. Não acredito. Nas ruas, a qualquer hora do dia ou da noite, homens e mulheres distribuem pequenos cartões com fotos de mulheres totalmente nuas, oferecendo prazer a partir de 35 dólares, enquanto ambulantes em caminhonetes decoradas com imagens picantes vendem corpos nus para todos os gostos e bolsos prometendo que as “meninas”chegam em 20 minutos a qualquer hotel.

Las Vegas foi criada em 1905 para ser apenas um ponto de abastecimento de água para uma ferrovia que levava a Los Angeles, mas trinta anos depois já havia se tornado um centro de atividades ilegais, comandado por gangsters do cacife de Bugsy Siegel e Meyer Lansky.

Lá pelos anos 50, surgiram os grandes hotéis e cassinos operados por confrarias criminosas que encontraram uma boa maneira para lavar seus dólares ilegais. E artistas como Elvis Presley, Frank Sinatra ou Dean Martin foram convidados a fazer shows exclusivos para melhorar a imagem da cidade e fazê-la aparentar uma aura de Disneylândia para adultos.

A partir de 1970, Las Vegas entrou na fase dos mega-resorts e, a partir de 1990, os surgiram os hotéis temáticos com seus castelos, pirâmides egípcias, pontes, lagos e ilhas paradisíacas no meio da cidade.

Hoje, Vegas ainda é considerada um gigantesco parque de diversões para adultos – mas, também para crianças. Os cassinos dominam a cena e vivem lotados, alguns mais conservadores, outros com meninas seminuas dançando sobre as mesas e tirando a concentração dos apostadores (talvez, de propósito). Mas há muitas atrações nos seus arredores, entre eles o Grand Canyon, que vale qualquer sacrifício para ser visitado. De carro ou de helicóptero (bem mais caro), o passeio até lá é imperdível.

Fora isso, são os espetáculos que valem a ida a Las Vegas: grandes produções, astros do show bizz, cantores e artistas circenses se exibem diariamente na maioria dos grandes hotéis, garantindo uma ou duas horas de diversão de alto nível.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prove que você é um ser humano! * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.