O Red Light District ou bairro da luz vermelha de Amsterdã

Os maravilhosos canais de Amsterdã
29/12/2013
Vondelpark, um oásis no meio da cidade
29/12/2013

O Red Light District ou bairro da luz vermelha de Amsterdã

Na Holanda a prostituição é legalizada e, portanto, acontece a céu aberto ou melhor, a janelas abertas. E é mais ou menos assim: as meninas alugam quartinhos com enormes janelas, de frente para a rua, e ficam lá dentro com roupas provocantes ou quase sem roupa, como se estivessem em uma vitrine de loja exibindo roupas da última moda. E provocam, viu! Em Amsterdã há vários distritos com esse tipo de negócio, mas o mais famoso e conhecido, o De Wallen, fica no centrão e é um bairro histórico muito bonito e é também conhecido como Red Light District ou Distrito/Bairro da Luz Vermelha.

Outra coisa: os holandeses não têm problema nenhum com as meninas trocando sexo por dinheiro, assim, quase no meio da rua. Por isso mesmo, o Red Light District é, sim, uma atração turística, e ali vai todo o tipo de gente. Mesmo. Vão senhoras bem vestidas, idosas, famílias inteiras e homens, claro, muuuitos homens. A polícia faz o seu papel e patrulha ostensivamente, pra garantir a segurança de todo mundo, até porque o bairro é residencial e mora um monte de gente lá que não tem nada a ver com a indústria do sexo. Então, se você quer ver algo inusitado, vá, tranquilamente, pode levar a patroa, as amigas, porque ali não acontece nada demais, pelo menos com as cortinas abertas.

Agora, aqui cabe um alerta: resista à tentação de fotografar as meninas nas vitrines porque isso pode lhe causar uma encrenca feia. Se uma delas perceber que você está fotografando, com certeza avisará os próprios seguranças e eles vão partir pra cima de você com tudo.  Então, especialmente se você for homem, nem pense em levar pra casa uma foto daquela área como recordação, pois certamente você levará também alguns hematomas de lembrança. Quer uma foto? Pegue na internet que tem aos montes!

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prove que você é um ser humano! * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.