Genebra, na Suíça, é mesmo uma cidade para os muito ricos

A mais famosa “taberna” alemã de Heidelberg
09/10/2013
Onde comer bem em Genebra
11/10/2013

Genebra, na Suíça, é mesmo uma cidade para os muito ricos

Nada contra Genebra e, muito menos, contra os ricos, mas é claro que a cidade – linda, por sinal – exibe sinais de riqueza por todos os lados e a vida é mesmo bem cara por lá. Deixando isso tudo de lado, principalmente se você tem “money” para algumas extravagâncias, aproveite para ir às compras, aos bons restaurantes e a tudo o que o dinheiro pode proporcionar.

Agora, se você não está com essa bola toda, como nós, aproveite a cidade do mesmo jeito: passeie pelo centro da cidade, visite a cidade velha situada sobre um monte rochoso, com suas ruas estreitas e majestosas casas de pedra e dê uma paradinha na Catedral de S. Pedro, do século 12. Ainda na cidade velha, visite o museu de artes e história e depois admire as vitrines da rue de Rive, paralela à margem do lago. Genebra tem a maior concentração de bancos, antiquários e joalherias do planeta, por metro quadrado. Se não dá para gastar 200 mil francos suíços (mais ou menos 220 mil dólares, quando lá estivemos), em um reloginho de pulso, pelo menos dá para “limpar a vista”como se diz no Norte do Brasil…

Falando em museu, em Genebra estão o Museu da Cruz Vermelha e o Museu Patek Philippe (do famoso e caríssimo relógio), que sempre são boa opção para aqueles que, como nós, são curiosos.

Pra encerrar, um passeio para admirar a fonte Jet d’Eau (uma das maiores do mundo), rende um final de tarde bacana e tranquilo.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prove que você é um ser humano! * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.