A rota do cangaço, em Sergipe, é um prato cheio para quem gosta de História

São Cristovão e Laranjeiras, em Sergipe
19/08/2013
Bruges, a mais preservada cidade medieval da Bélgica
20/08/2013

A rota do cangaço, em Sergipe, é um prato cheio para quem gosta de História

O passeio conhecido como “rota do cangaço” parte na verdade de Alagoas, da cidade de Piranhas, na divisa com a cidade de Canindé de São Francisco, em Sergipe. O passeio é feito em catamarã (custa mais ou menos 120 reais, por pessoa) navegando 45 minutos pelo velho Chico, até a primeira parada, no município de Entremontes, pequeno vilarejo conhecido pelo trabalho artesanal das bordadeiras de rendedê, que você pode ver, depois, na nossa página no Face.

Trinta minutos depois de parar em Entremontes, o catamarã parte para o restaurante Angicos, que é o ponto de partida para Grota do Angico (a pé), local onde Lampião e Maria Bonita morreram em uma emboscada. A partir daí, você pode continuar o percurso por uma trilha cheia de atrativos, porém muito cansativa, ou parar ali mesmo, comer um peixe frito com farofa, deitar em uma rede e esperar pelos bravos heróis que seguiram sob o sol de 40 graus.

A volta segue para Piranhas (local da partida), no catamarã. Para quem gosta de História – e um pouco de folclore – o passeio vale muito a pena!

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prove que você é um ser humano! * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.