A aventura de esquiar nas estações próximas a Santiago

Os tais “cafés com piernas” de Santiago…
10/12/2013
Usando a “busca” aqui na página do blog…
17/12/2013

A aventura de esquiar nas estações próximas a Santiago

Pra começo de conversa, se você não está habituado a dirigir na neve, é melhor contratar um passeio com uma agência de turismo séria e pronto: está garantida a diversão, o contato com outros viajantes, a despreocupação com a estrada, com as correntes e tudo mais. Opte por passeios a duas estações, no máximo, caso contrário você irá ficar o dia inteiro dentro do ônibus e não vai aproveitar nada. A gente sugere ir ao Valle Nevado e também, se possível, a Farellones. Enquanto Valle Nevado é uma estação de esqui tipo exportação, voltada sobretudo aos turistas estrangeiros, a mais completa de todas, sem dúvida, Farellones funciona como um playground da neve para os santiaguinos. As instalações são bem mais modestas, os ingressos são mais em conta (o acesso na alta temporada custa 10.000 pesos, ou 20 dólares) e, o que é melhor: há diversões até para quem não queira esquiar ou fazer snowboard.

Bem, voltando à viagem, em geral as agências buscam você no seu hotel por volta das 8h da manhã, normalmente em uma van ou pequeno ônibus. Antes de pegar a estrada propriamente dita, claro que a van vai parar em uma lojinha dessas que aluga de tudo para os viajantes de primeira viagem, digo, primeira “esquiada”. A gente que mora em um país onde não cai neve não tem esse tipo de roupa mesmo e é melhor alugar tudo ali ou, se quiser pagar menos, nas casas especializadas no centro de Santiago.

Logo no início do caminho dá para ver que é melhor não arriscar subir as montanhas por conta própria. A estrada é bastante apertada, e as curvas, fechadíssimas. Basta uma fina capa de gelo para tornar tudo megaperigoso (e obrigar ao uso de correntes nas rodas). Sinceramente? Não há economia que valha o risco e o stress.

A viagem é bacana, tranquila, apesar das curvas e tem paradas para um café e fotos. Aproveite!

A gente recomenda duas agências:

– TurisTur, que cobra, em média 28.000 pesos (56 dólares), pelo passeio de um dia, nas condições acima, sem entradas aos parques nem almoço.

-SkiTotal, que cobra 10.000 pesos (20 dólares) ida e volta por pessoa, desde que você pegue a van num dos dois endereços da companhia. Caso prefira que eles lhe peguem e deixem no hotel, o preço dobra: 20.000 pesos/40 dólares por pessoa.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prove que você é um ser humano! * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.