5 passeios imperdíveis para se fazer nos Lençóis Maranhenses

10 coisas que você precisa saber antes de ir aos Lençóis Maranhenses
13/06/2015
Dificuldades para obter o visto americano nestas férias
22/06/2015

5 passeios imperdíveis para se fazer nos Lençóis Maranhenses

  1. Visitar as dunas, claro! É o passeio principal para quem chega a Barreirinhas. Em geral, há dois passeios: a visita à lagoa Bonita (que nem é tão bonita assim) e a visita à lagoa Azul. Ambos têm saída pela manhã, às 8h30 e retornando às 13h30 e também à tarde, saindo às 14h30 e retornando às 18h. Aconselhamos fazer os passeios à tarde, porque você vai ver o espetáculo do por do sol lá em cima, nas dunas. É imperdível. Agora, se tiver que escolher entre um e outro, prefira o passeio à lagoa Azul, de longe, o melhor, embora os guias digam o contrário, sabe-se lá porquê. O trajeto é mais punk e por isso mesmos mais divertido e as lagoas são maiores e muito mais bonitas. Custam, em média, 80 reais cada um, por pessoa;
  1. Sobrevoar as dunas, à tardinha, depois das 16h30. É simplesmente mágico! Claro que custa um pouco mais (R$ 300 por pessoa) e dura meia hora. O avião é um pequeno monomotor para 4, 6 ou até 8 pessoas. A gente fez com a Fênix Turismo (tel 098-98876-5540 – falar com Berlúcio). Se você puder, esqueça o medo e faça!;
  1. Passeio de voadeira pelo rio Preguiças – custa R$ 80, por pessoa, em barco coletivo, com outros turistas ou, R$ 250 o aluguel para fazer o passeio privativo. Fizemos este último e foi ótimo. O passeio dura o dia todo, com uma hora navegando pelo rio até o povoado de Caburé, onde o rio se encontra com o mar e, depois, mais uma hora de volta. Há uma parada para almoço e a comida é sempre peixe ou camarão. Como fizemos o passeio privativo pudemos escolher onde parar para o almoço e, por sugestão do guia, paramos na Barraca do Peixe, a melhor da região;
  1. Alugue um quadriciclo e saia por aí. A gente aproveitou o passeio de voadeira e na parada em Caburé alugamos o quadriciclo oferecido pelo restaurante Barraca do Peixe, por R$ 100/hora e fomos até a foz do rio, por uma faixa de areia entre o mar e o rio. Uma hora é mais do que suficiente.
  1. Conhecer o centro de Barreirinhas, à noite, no local conhecido como Beira Rio, onde ficam os bares, restaurantes e o agito. Tudo muito simples, com cadeiras de plástico na orla, música ao vivo etc e tal. É um programa. Se quiser jantar, vá ao restaurante A Canoa, que fica bem no meio da praça e oferece comida decente (R$ 80 o prato de peixe ou camarão para 2 pessoas). Peça o morritos para beber, é muito bom!

Nota: há dezenas de agências de turismo no centro de Barreirinhas que abordam os turistas para ofertar passeios, mas os hotéis também oferecem esses serviços e, no Porto Preguiças Resort, onde nos hospedamos, havia uma agência na recepção (Tropical Adventure Turismo). Não era a mais barata, mas vale pechinchar para chegar no preço das outras e eles nos pareceram sérios, por isso fizemos quase todos os passeios com eles.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *